Alcoólicos anônimos

0
Reprodução web
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O alcoolismo é uma doença crônica caracterizada pelo uso abusivo de bebidas alcoólicas. No Brasil são registrados mais de dois milhões de casos. Podemos dizer que o alcoolismo é um conjunto de diagnósticos, pois é considerado vício quando existe uma
forma excessiva e irregular do uso do álcool. Na área do alcoolismo podemos classificar:
a dependência, a abstinência, o abuso (uso excessivo, porém não continuado)e a intoxicação por álcool (embriaguez). O vício acomete 10% dos homens e 3,5% das mulheres. Estima-se que os homens consomem três vezes mais, em uma média de 13 litros ao ano, comparado a 4 litros consumidos pelas mulheres. Vale lembrar que o alcoolismo é considerado uma doença pelo OMS (Organização Mundial da Saúde).

Muitas das vezes, o próprio paciente consegue identificar o seu vício, porém, não é algo que atinge exclusivamente a pessoa. A doença começa a interferir em diversas esferas da vida do indivíduo, sendo elas: acadêmica, profissional, social e familiar. O ideal para identificar a doença é se fazer três perguntas: alguém já te criticou pelo uso da bebida? Você já acordou e a primeira coisa que fez foi beber para se sentir bem? Você já se sentiu mal ou culpado por beber?
A partir de então, de acordo com suas respostas é necessário procurar um auxílio
profissional para que o diagnóstico correto seja realizado.
O primeiro passo para o tratamento é o reconhecimento por parte do paciente. Ele precisa estar ciente e desejando ajuda para que assim a natureza do tratamento seja escolhida. Após a busca pela ajuda, o médico irá identificar qual o segmento do tratamento que irá adotar. O processo pode incluir: a desintoxicação, o uso de medicamentos, terapia para entender melhor de onde vem a vontade
de beber, além de fornecer métodos que lhe ajudem a conviver com a doença.
Um dos métodos que é mais conhecido é o “AA” (Alcoólicos Anônimos), que pode ser descrito como “uma irmandade de homens e mulheres voluntários, vindos de todas as camadas sociais, que se reúnem para alcançar e manter a sobriedade. O único requisito para ser membro é o desejo de parar de beber, não havendo necessidade de
pagar taxas ou mensalidades. Estima-se que hoje existem aproximadamente 114 mil grupos e mais de dois milhões de membros em 170 países. No Brasil existem cerca de seis mil grupos” dados coletados pelo folheto do grupo do A.A.

Como funciona?
Nas reuniões os membros ajudam-se mutuamente compartilhando experiências de situações vividas ao longo do sofrimento e recuperação do vício.

Por que o anonimato?
O anonimato é considerado o alicerce espiritual do grupo. O A.A busca que o trabalho de recuperação seja conhecido, porém, não os seus membros.
Nas reuniões, existem duas modalidades. As reuniões abertas que possibilitam qualquer pessoa participar e as reuniões fechadas, que somente alguns membros participam.
Para quem deseja conhecer melhor o trabalho do A.A, existem reuniões diárias.
Em Campo Grande existe um grupo na Rua Butiá, 05.

Confira os horários das reuniões
Segunda a sexta-feira de 9:30 às 11:30 em sessões abertas ou as terças, quintas e sábados das 18h às 20h em sessões fechadas.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.