Rio de Janeiro é o estado que mais fechou vagas no último semestre

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) apontou que o Rio de Janeiro está com cerca de 1,3 milhões de pessoas desempregadas. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a taxa de desocupação no estado bateu recorde no 2º trimestre, atingindo 15,6% da população.

No ano de 2014, essa taxa chegou a 6,4%, contudo, atualmente está mais que o dobro. No primeiro semestre deste ano, foi contabilizado mais de 400 mil desempregados, comparado ao mesmo período do ano passado.
O Rio de Janeiro e Pernambuco sãos os estados em que mais houve demissões. Segundo o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo “a informalidade garantiu que a situação no mercado de trabalho do Rio de Janeiro não estivesse ainda mais alarmante.”
Podemos perceber um número maior de trabalhadores informais, segundo Cezar de 32 anos “Trabalhei durante muito tempo em uma empresa e fui mandado embora, nós temos que sobreviver, por isso, hoje em dia trabalho nas ruas, porque as contas não param”.

Com o cenário do desemprego, os trabalhadores estão se sujeitando a condições inferiores de trabalho, como a perda dos benefícios, sendo eles 13º salário, férias e FGTS.
Em contrapartida, os trabalhadores que se encontram empregados, têm sofrido o impacto da situação atual, pois as melhorias prometidas foram deixadas de lado e com medo de perder o emprego, muitos não denunciam condições indevidas de trabalho.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.